• todospramesa

Lanches de Verão

Vamos passear... e agora?



O verão já começou e, finalmente, as temperaturas mais elevadas já começam a aparecer e a deixar vontade de passar mais tempo no exterior com a família e amigos.


No entanto, com as saídas de verão, a praia, a piscina, o piquenique no campo, (...), também começam a ser mais frequentes as refeições e snacks fora de casa, principalmente os gelados e as Bolas de Berlim na praia.

Apesar de ser possível (e saudável!) oferecer uma Bola de Berlim ou um gelado, de vez em quando, para fazer as delícias dos mais novos, não é recomendável que estes sejam oferecidos de forma frequente.



Mas então que lanches é que são práticos para levar e ir oferecendo aos miúdos?


Se pensarmos em lanches práticos, surgem logo à memória os leites achocolatados, sumos, bolachas de pacote, pães de leite embalados e mais uns quantos que tão habitualmente são encontrados nas lancheiras das nossas crianças. Mas serão estes alimentos os mais saudáveis? Não! Estes alimentos para além de serem processados, são densamente energéticos, com elevadas quantidades de açúcar e gordura.


Os lanches de verão ideais devem ser maioritariamente compostos por alimentos frescos, onde se combinem fontes proteicas (iogurte, queijo, ovo), fontes de hidratos de carbono complexos (pão integral, aveia), gorduras saudáveis (frutos oleaginosos) e as vitaminas e minerais provenientes da fruta e dos hortícolas. Estes devem ser sempre a primeira opção, nas escolhas dos lanches e snacks.


Assim, aqui ficam algumas combinações deliciosas e práticas para vos inspirar:

- Banana + Pão de mistura com manteiga de amendoim

- Iogurte natural com granola e pêssego

- Espetadas de tomate-cherry e queijo mozarela + tostas de milho

- Palitos de cenoura e pepino + húmus de grão de bico

- Panquecas de banana e aveia


Para além disso, com as temperaturas elevadas é imprescindível ter cuidado redobrado na ingestão de líquidos. Líquidos estes que não devem ser refrigerantes ou sumos mas água. A água pode ser aromatizada com cascas de fruta e legumes, paus de canela ou podem ser feitas infusões frias, para ser mais fresco e apelativo para as crianças.

Nunca esquecer que, no mínimo, as crianças (de 2-3 anos) devem beber 1L de água, sendo que a quantidade vai aumentando consoante a idade.


Mas, agora que já têm uma panóplia de opções para os lanches das vossas crianças, como vão fazer com que elas demonstrem interesse nas opções mais saudáveis quando, fora de casa, há tanta exposição a alimentos mais apelativos visualmente?

Para combater a resistência dos mais novos aos lanches saudáveis, podem pedir a ajuda deles na escolha e preparação dos lanches e combinarem alimentos coloridos e com formatos/cortes mais apelativos.


A lancheira também é um ponto fulcral nos lanches. Porquê?



Primeiro, tanto a lancheira como as caixas/frascos que contêm os alimentos devem ser apelativos para motivar as crianças e, em segundo lugar, devem ser térmicos para preservarem bem os alimentos e mantê-los frescos e deliciosos até à hora do consumo.

Ainda, os alimentos frescos (como a fruta, legumes e iogurte), que são mais perecíveis, devem ser consumidos em primeiro lugar (no lanche da manhã, por exemplo), para evitar que se estraguem. Os alimentos secos, como o pão, as tostas, as panquecas, têm uma maior durabilidade e, por isso, podem ser os últimos a serem consumidos.


Desta forma, andarem sempre prevenidos com lanches saudáveis (e igualmente práticos), para além de garantir sempre a boa alimentação dos vossos filhos (e da restante família), vai poupar-vos imenso dinheiro.


Se não tiverem tempo para preparar os lanches, quiserem variar mais ou apenas experimentar, podem encomendar as nossas panquecas de banana, queques de laranja e amêndoa, sumo de pêssego e bolacha americana na loja online do Todos P’ra Mesa (e ainda recebem uma lancheira térmica!).


E por terem lido este artigo até ao fim, e por sabermos que o vão partilhar, temos 10% de desconto para vos oferecer na vossa próxima encomenda. Usem o código "10VERAOTPM".


Mafalda Pinto

3189NE



Referências:


Direção-Geral da Saúde, Direção-Geral da Educação. Guia para lanches escolares saudáveis. Direção-Geral da Saúde, Direção-Geral da Educação, 2021.

113 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo